Ir para o conteúdo Ir para rodapé

AUTO DE VEREAÇÃO

Autor:Gonçalo ChristóvãoTeixeira Coelho

100.00

Informação adicional

Peso 4 g
Ano

0

Edição

1

Idioma

Formato

31×21

N. Pág.

1

Colecção

REF: 61 Categoria: ID do produto: 23124
Partilhe:

In-folio – Auto de Vereação duma página de jornal, impresso na Typ. A´’ – Praca de S. Thereza, N.13.

Exemplar muito raro do juramento de defesa dos direitos do Rei D. João VI, realizado por vários notáveis do Porto.

Esclarece-se que este AUTO DE VEREAÇÃO consta apenas de uma página da época, tal como está apresentada neste site.

Auto de Vereação extraordinária de quatro de Junho de 1823, nesta Cidade do Porto, e Casa da Camara della, ahi compereceraõ o Illustríssimo e Exc. Merachal José Joaquim da Roza Coelho, e os Illustríssimos Gonçalo Cristóvaõ Teixeira Coelho, José Augusto Leite Pereira de Melo, José de MelloPixoto Coelho, José de Meirelles Guedes, Antonio de Meirelles Guedes, Pedro Leite Pereira de Mello, João de Mello da Cunha Soto-Maior, Francisco de Sousa da Silva da Fonseca, Thomas Antonio Ferraz de Lima e Castro, Antonio de Sousa Pereira Coutinho, Gonçalo Coelho Teixeira, Francisco José Teixeira Coelho, Alvaro Leite Pereira de Mello, Silvério Paes de Sandee Castro, o Commendador Diogo Furtado, Henrique Guener, Henrique Pinto de Vasconcellos, Bento Teixeira Vahia, Manoel Filippe Carneiro, Fernando Homem, Antonio Pedro Ribeiro de Almeida Vasconcellos, Manoel Guedes de Borbão da Silva da Fonseca, Luiz Pereira de Mello e Napoles; os quaes havendo-se ajuntado na noite do dia tres do corrente mez, em casa do Illustríssimo José de Mello Peixoto Coelho, e todos estes no dia de hoje em casa do Illustríssimo Francisco de Sousa da Silva Alcoforado, tratarão de acclamar o nosso Augusto REI Absoluto, e por isso dirigindo-se os sobreditos ao Campo de Santo Ovídio, aonde depois de terem dado os Vivas a EL REI o Senhor D. JOÃO VI à Nossa AUGUSTA SOBERANA, e a toda a Real Família……….

Juro defender, e fazer defender os Direitos d’EL REI absoluto, os da Rainha Nossa Senhora, e toda a Dynastia da Real Casa de Bragança. – O qual juramento foi prestado por toda a Nobreza da Cidade do Porto, que voluntaria e immediatamente se unio ao Governo, e vão abaixo assignados, João Bispo do Porto, José Joaquim da Rosa Coelho, Chefe d?Esquadra, Intendente da Marinha, e Governadorinterino de Arma; Gonçalo Christovaõ Teixeira Coelho, Coronel Reformado, Commandante interino da Força Armada, do Conselho, José Augusto Leite Pereira de Mello, Coronel reformado do Regimento da Maya, do Conselho, Luiz Barboza de Mendonça, Secretario de Justiça, João Ribeiro Vianna, Secretario de Guerra; José de Mello Peixoto Coelho, do Conselho, José de Meirelles Guedes de Carvalho, Tenente Coronel; Thomás Antonio Ferraz de Lima e Castro, do Conselho; Antonio de Meirelles Guedes, Tenente Coronel, do Conselho; Silverio Paes de Sande e Castro, como do Conselho; Pedro Leite Pereira de Mello, do Conselho, João de Mello da CunhaSotto-Maior, como Conselho; Francisco de Sousada Silva Alcoforado de Lencastre, Alferes de Cavallaria Nº. 9, Henrique da Silva da Fonseca, Tenente Coronel de Infantaria Reformado; Antonio de Sousa Pereira Coutinho de Moraes Seabra e Occa, como do Conselho; Gonçalo Christovão Teixeira Coelho, Cadete de Infantaria, como de Conselho; ……