Ir para o conteúdo Ir para rodapé

MAITREYA Vem Com A Ordem Espiritual Portuguesa – Ordem de Mariz

Autor:Maria Ferreira da Silva

10.00

Informação adicional

Peso 150 g
ISBN

978-989-95077-9-1

Ano

2007

Edição

2

Idioma

Formato

21 x 14

Encadernação

Cartonada

N. Pág.

70

Colecção

REF: 5 Categorias: , , , ID do produto: 23097
Partilhe:

A Ordem de Mariz trabalha há longos séculos na preparação deste evento.
Este livro é dedicado aos Cavaleiros da Ordem de Mariz e, consequentemente, aos 144.000.
Cada religião oferece as condições necessárias à evolução de cada ser humano, conforme as suas características e carências.

“Maitreya vem com a Ordem Espiritual de Portugal, Ordem de Mariz” foi um daqueles livros que teve o condão de despertar a consciência dos portugueses para as realidades espirituais, identificando-as com a própria História de Portugal. Alertou para a existência de um fio condutor entre o começo da civilização cristã, a fundação de Portugal e os dias de hoje. Este livro é, sem dúvida, um ícone da espiritualidade em Portugal.

Muitos seres se prepararam para Iniciações, quer estejam no plano físico, quer estejam noutro plano de consciência, pois Maitreya trará uma nova força evolutiva, que dará um grande impulso espiritual à humanidade, quer nos planos visíveis, quer invisíveis. Assim, toda a manifestação sofrerá uma transmutação ou regeneração.
A Reorganização da Ordem de Mariz consiste na Expansão Espiritual dos Portugueses, o que vem sendo feito nos últimos vinte anos.
Concluindo, e não querendo profetizar, pois é previsível um futuro promissor da humanidade, com um avanço tanto mental, quanto espiritual, nomeadamente em Portugal, que transporta a responsabilidade, por um direito espiritual que lhe assiste, de irradiar a luz que ilumine o Caminho pelo qual o Senhor Maitreya haverá de chegar.

É fundamental anunciar de novo a vinda de Maitreya, agora que Portugal mostra uma maior abertura, aliás bem diferente da que existia quando Maria, corajosamente, anunciou a Sua Vinda no Parque Eduardo VII, em Lisboa, no final da passada década de 80.

Assim, é com a alma transbordante de júbilo, que temos de novo disponível esta obra, agora em 2ª. edição, revista e aumentada, desde o passado dia 2 de Setembro de 2007.

«Foram necessários anos de pesquisa e de labor espiritual para encontrar Aqueles que, afinal, só pela minha ignorância, não reconheci antes.
Diria melhor, vidas inteiras, dedicadas, de serviço, umas inconscientemente, outras despertas para a realidade na aspiração espiritual à Hierarquia, colaborando ao longo dos séculos na evolução do Planeta.
Os Mestres são seres que como nós percorreram o Seu Caminho, quer na Terra, alguns, quer noutros planetas. A humanidade, dada a sua pouca evolução, vê-os como seres sobrenaturais inatingíveis. Estes Seres, pela ascensão, tornaram-se os Guias da Humanidade, sacrificaram-se para inspirarem os homens à realização da transcendência animal através da devoção, para a consonância do coração, pois o ser humano na sua potencialidade é um ser de Amor. E através do Poder de serviço, proporcionaram à Humanidade a criatividade que nos leva à afirmação do princípio da consciência.
Quando os “Véus de Ísis” começam a desvendar-se, é quando o ser humano ultrapassa a mentalidade comum, visualiza e realiza em si a Verdade e alcança a Iluminação. Enquanto isto, a humanidade na terra não passa de uma “massa” de seres que pouco se distinguem uns dos outros. Só quando o homem atinge a iluminação se afasta desta “massa”, pois passa da evolução humana à espiritual, ou seja, do reino humano ao reino espiritual.
No reino espiritual, o estado permanente de consciência é o Amor. É esse estado e esse reino que todo o homem tem de alcançar: a verdadeira liberdade.
As palavras humanas são escassas e demasiado pobres para descrever um minúsculo canto daquele mundo maravilhoso e enigmático que reside no infinito. São exíguas para nos levar ao eco da majestosa grandeza do recinto insondável do Espírito. Se raciocinarmos um só instante no conceito de Deus, reportando-nos à realidade da Sua Essência, à lei perfeita do Seu Infinito Amor, sentiremos no Espírito a verdade absoluta de que tudo é Luz na Sua Luz. Tudo está N’ELE, porque ELE é o único Existente.

À força inextinguível do Espírito,
Toda a acção se aquieta,
Todo o sentimento se cala.
A luz irradia e harmoniza
Da Fonte do Pensamento de Deus.

Cala em mim toda a angústia
Neste coração que é o Templo da aspiração,
E que adorna minha coragem.

Predestinados estão os lugares,
Não no espaço, não no tempo,
Mas no Infinito.

CAPÍTULO I

«Depois de escutar o Senhor e Guru, não é mais possível recuar.
O caminho somente avança e mais cedo ou mais tarde, com
facilidade ou dificuldade, vós chegareis ao Mestre».
Livro Hierarquia

A todos chegará um dia a felicidade de O encontrar.
Vou tentar transmitir nas páginas deste livro, a minha felicidade por O ter encontrado. Que a leitura do mesmo leve os homens, principalmente, àqueles já imbuídos de aspiração espiritual, a aperceberem-se do seu valor como seres humanos, da existência da Vontade, do Poder e da Luz.
Que a Força e a Luz de Deus guie os homens, quer se trate de Budistas, Católicos, Islâmicos ou Hindus. Unamos os nossos corações para que ainda nesta Era se abracem as várias religiões numa aspiração comum, a Religião Universal. E se é bela a aspiração quando focalizada na Hierarquia!
Este livro é dedicado a todos aqueles que, consciente ou inconscientemente, pertencem à Ordem Espiritual de Portugal, pois darei aqui alguma luz e compreensão sobre o caminho esotérico e espiritual da História Portuguesa.
Como filha de um passado na História de Portugal e fazendo parte da mesma, estou autorizada pela própria Ordem a fazê-lo, pois este livro é de Sua inspiração. Nunca me atreveria a escrevê-lo se não o tivessem sugerido. Não tenho veia poética, nem sentido literário, mas sim a grande vontade de querer transmitir toda a luz que me é dada e se, neste propósito, ajudar alguns a identificarem-se com a Ordem, a gratidão será plena no meu coração. Graças ao Mestre Jesus, meu guia espiritual, Senhor Maitreya, Mestre Morya e Senhor Buddha, este livro pôde ser realizado».

– Prefácio à 2ª. edição
– Introdução
– Capítulo I «Depois de escutar o Senhor e Guru, não é mais possível recuar. O caminho somente avança e mais cedo ou mais tarde, com facilidade ou dificuldade, vós chegareis ao Mestre» Livro Hierarquia
– Capítulo II – «A Lei do Karma e a lei das datas são semelhantes ao Jano de duas faces – uma gera a outra. O karma traz o fruto das acções e evoca a data de manifestação». Folhas do Jardim de Mória
– Capítulo III – «A evolução é tão lenta! E o conceito de acção deveria ser completamente revisto.
Milhões de pessoas dormem durante suas acções! A magnitude da criatividade do espírito é bela
!» Livro Infinito
– Capítulo IV – «Nunca foi dito para apenas se depender do Senhor; ao contrário, foi repetido: Estai imbuídos pelo Senhor!» Livro Hierarquia
Capítulo V – «Porque as condições Terrestres se acham tão distantes das manifestações ardentes superiores?» Livro Coração
Capítulo VI – «O Omnipotente Esplendor do Pai – ordenou que a evolução dure tanto quanto um Meu respirar – e no Insondável seio dos abismos cósmicos, pela emanação da Sua Vomtade, criaram-se as condições necessárias à execução da Sua Ordem». E.
Capítulo VII – «A humanidade não pode dirigir-se para um objectivo qualquer sem uma decisão predeterminada». Livro Hierarquia
Capítulo VIII – «Assim pois na Batalha é necessário ficar Firmemente junto a Nós. É necessário Aprender a amar este lugar junto a Nós, Como se nada mais existisse». Livro Coração